Especialistas explicam como saber se você está seguro na compra de um carro

Através da vistoria cautelar é possível saber se o veículo é oriundo de leilão ou roubos, checar itens de identificação e segurança, prevenindo possíveis acidentes

Imprescindível para não cair em truques, a vistoria cautelar ajuda a avaliar o carro e sua procedência. O serviço faz o levantamento completo da vida de um veículo e além de indicar sinistros e se o carro sofreu danos significativos em sua estrutura, identifica restrições que impedem sua regularização, aponta para o histórico de furtos ou roubos e se o carro é oriundo de leilão. Além de identificar os principais pontos estruturais do veículo, evitando que o condutor adquira um bem que possa colocar ele e demais ocupantes em risco, a vistoria ajuda a diminuir roubos e furtos.

São inúmeras as vantagens da vistoria cautelar para quem está adquirindo um carro seminovo ou usado, uma vez que valoriza o automóvel e faz juízo ao seu valor. O serviço verifica os documentos do carro, histórico financeiro e pendências jurídicas e funciona de maneira preventiva.

Natal 6“Muitas pessoas não sabem, mas a reparação de alguns danos pode custar o equivalente a 40% ou mais do valor do veículo”, declara Beto Reis, diretor da Super Visão, rede de vistorias automotivas.

Através da vistoria cautelar são verificados pontos estruturais, os de identificação e itens de segurança. Chassi, motor, câmbio, vidros e etiquetas de identificação, são avaliados. Reparos nas longarinas dianteiras e traseiras, painel dash, dianteiro, traseiro, colunas e em demais peças, também podem acabar desvalorizando um automóvel e são identificados com a contratação do serviço.

Além disso, uma pesquisa junto aos órgãos oficiais é realizada para verificar o histórico do veículo e eventuais sinistros, leilões, entre outros, fazendo com que veículos sem condição de rodagem ou adulterados não continuem na rua, contribuindo para a segurança dos ocupantes e do trânsito em geral.

Segundo Beto Reis, é o comprador quem sempre deve solicitar a vistoria para empresas especializadas e checar a autenticidade de um laudo que seja apresentado para ele, evitando cair em golpes. “A vistoria cautelar é um certificado de procedência, você garante que fez um bom negócio e futuramente valoriza o pós-venda do seu carro”, finaliza Beto.

Para quem está vendendo o carro, também é benéfico, pois isenta o vendedor ou a loja de quaisquer modificações ou adulterações realizadas posteriormente à realização da vistoria.

Fonte: www.segs.com.br

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *