Como se prevenir do Coronavírus?

O que é o Coronavírus?

Nos últimos dias, o novo coronavírus vem sendo destaque em toda a imprensa mundial. A epidemia, que começou na China, vem se espalhando por todo o globo.

A preocupação se espalha à medida que casos da doença são confirmados nos quatro continentes. A melhor atitude, então, é se informar sobre as formas mais eficazes de prevenção. Nesse conteúdo, você vai conferir quais são os 5 cuidados indispensáveis que você precisa ter para se proteger do vírus.

Transmissão

O coronavírus é de fácil transmissão e pode se disseminar das seguintes formas:

  1. Contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos;
  2. Contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
  3. Tosse;
  4. Espirro;
  5. Contato com secreções respiratórias.

Qualquer pessoa que se aproxime um metro de uma pessoa infectada corre o risco de ser contaminada com a infecção.

Sintomas

Antes de aprender sobre a prevenção, temos de entender os sintomas. O coronavírus pode causar infecções respiratórias desde um simples resfriado até uma pneumonia severa. Isto vai depender de vários fatores como idade e imunidade.

Os vários tipos do coronavírus causam doenças respiratórias e a forma mais eficaz de identificar a infecção pelo vírus é procurar um médico assim que os sintomas se manifestarem.

Há diversos tipos de sintomas que variam para cada paciente, os mais comuns são:

Febre, tosse e dificuldade de respirar. De acordo com a entidade, alguns pacientes podem ter dores, congestão nasal, coriza, dor de garganta ou diarreia. Esses sintomas, geralmente, são leves e evoluem gradualmente.

O Ministério da Saúde alerta que, em alguns casos da Covid-19, a febre pode não existir como sintoma. “Como, por exemplo, em pacientes jovens, idosos, imunossuprimidos ou que em algumas situações possam ter utilizado medicamento antitérmico”

Caso alguma dessas perguntas tenha resposta positiva, o médico encaminhará os exames para uma investigação epidemiológica.

Quando procurar um médico?

Segundo o CFF, a queixa de febre por um tempo superior a três dias e a recorrência de episódios febris. O infectologista Jean Gorinchteyn, do Emílio Ribas, recomenda que a pessoa procure um médico caso a febre não melhore mesmo após o uso de medicações analgésicas.

Tratamento

Não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus humano. No caso do coronavírus é indicado repouso e consumo de bastante água, além de algumas medidas adotadas para aliviar os sintomas, conforme cada caso, como, por exemplo:

  1. Uso de medicamento para dor e febre (antitérmicos e analgésicos).
  2. Uso de umidificador no quarto ou tomar banho quente para auxiliar no alívio da dor de garanta e tosse.

Assim que os primeiros sintomas surgirem, é fundamental procurar ajuda médica imediata para confirmar diagnóstico e iniciar o tratamento.

Prevenção

O que você precisa saber e fazer.
Como prevenir o contágio:

  1. Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
  2. Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
  3. Evite aglomerações se estiver doente.
  4. Mantenha os ambientes bem ventilados.
  5. Não compartilhe objetos pessoais.

 

Se previna!

Agora que você já sabe como se prevenir do coronavírus, aplique as ações de prevenção na sua rotina e da sua família.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *